TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

Receba nosso informativo semanal


Aceito os termos do site.


| Anuncie | Notificações

Varal com texto

09/11/2006

Alguns conceitos sobre beleza e alimentação O conceito de cuidados com a beleza sempre foi seguido e valorizado por nós, mulheres



O conceito de cuidados com a beleza sempre foi seguido e valorizado por nós, mulheres. E, nos tempos modernos, também por homens, cada vez mais maduros e conscientes de que esse tipo de cuidado não é só coisa de mulher. Todos os dias, as empresas de cosméticos nos bombardeiam com comerciais de produtos e tratamentos que prometem milagres para a pele, o corpo e até para a alma. Mas quando você começa a estudar as culturas que se dedicam a descobrir os poderes da natureza, você se dá conta de que todos os milagres de beleza estão fora das fábricas e ao alcance de qualquer mão curiosa e disposta a se cuidar e aprender. O ramo do conhecimento que fala sobre os produtos de higiene e beleza em seus múltiplos aspectos é a cosmetologia. A minha favorita é a cosmetologia Ayurvédica – filosofia indiana de quase seis mil anos. O conceito de beleza segundo o Ayur-veda tem uma dimensão muito maior do que o corpo físico e externo. Segundo essa filosofia, os fatores responsáveis pela beleza são, em primeiro lugar, a dieta e o estilo de vida. Depois, o efeito das condições da natureza e a vida social. Então a estética é a união de todos os pontos do corpo e do organismo – internos e externos - até o entendimento da alma.

Acho que vale explicar um pouco sobre a origem da filosofia Ayurvédica e os primórdios dos estudos Vedas. A antiga civilização dos Vedas, que ocupava o Vale do Indo por volta do ano 3500 A.C., é provavelmente a responsável pela criação do Yoga. Escavações arqueológicas na região de Mohengodaro, no Paquistão, encontraram esculturas e desenhos com as posturas (asanas) do Yoga. A data desses achados é estimada em 5000 A.C. e, por isso, especula-se que Buda tenha praticado Yoga. Um dos registros mais antigos, o manuscrito Yoga Sutra, do sábio indiano Ptanjali, é de meados do ano 200 A.C. Seus 196 aforismos, distribuídos em quatro volumes, são até hoje considerados a bíblia dos Yogues (iogues) de todo o mundo. A antiga ciência indiana do “conhecimento da vida” para o bem estar físico e mental é baseada nas escrituras védicas. Ayur-veda: ayu = vida; veda = conhecimento. A filosofia Ayurvédica prevê a integração entre corpo e mente numa proposta holística: holos = o ser humano em sua totalidade.

É por isso, que os Yogues, e seguidores dessa filosofia, entendemos a estética como uma conseqüência ligada a todas as energias do organismo, principalmente aos alimentos, a dieta, o primeiro fator responsável pela beleza. Focalizamos a energia do alimento no plexo solar que fica em frente ao estômago, o que chamamos de Manipura Chakra, e que rege as emoções. Conforme a literatura védica, seguida pelos verdadeiros Yogues, os alimentos sagrados são os Sattvico - que estimulam a bondade - e os Rajásicos - que estimulam a paixão. Alimentos como carnes e seus derivados, enlatados, ovos e bebidas alcoólicas são considerados alimentos Tamásicos - que estimulam a ignorância. É fundamental selecionar bem o que se come, cuidar do preparo, mastigar bem e fazer as refeições em locais tranqüilos.

A digestão perfeita, a assimilação de nossa comida, e o bom funcionamento do intestino são essenciais para se manter saudável. E essa saúde traz força e beleza, refletidas por uma pele viçosa, por olhos luminosos, cabelos brilhantes, unhas fortes e lábios úmidos.

Depois da dieta, e antes de entrarmos nos cremes, há mais um responsável básico pela beleza que está em nossas mãos: o estilo de vida, ou a rotina diária de cada um. Essa rotina começa quando a gente acorda e termina ao deitar. Algumas orientações sobre esse estilo de vida, de acordo com os textos antigos, seriam: “levantar-se antes de amanhecer e adormecer junto com o pôr-do-sol; dar uma caminhada curta após as refeições; praticar Yogasanas (posturas físicas do Yoga) regularmente; meditar; cuidar da limpeza externa e interna do corpo; equilibrar horas de trabalho com horas de descanso; e manter a dieta alimentar de acordo com a constituição do organismo”. O bom senso é uma ótima ferramenta de saúde.

Sabemos que atualmente é difícil acordar com o nascer do sol e dormir ao cair da noite, principalmente para quem vive nas grandes cidades. Mas o nosso dia pode ser alterado em nosso próprio benefício. Devemos nos concentrar e tomar as rédeas da nossa saúde, porque a beleza estética depende, principalmente, dela. E, a partir daí, estamos prontos para aprender a tirar da natureza todas as substâncias embelezadoras que ela tem a nos oferecer!

Quem quiser adquirir o livro BELEZA NATURAL é só entrar no site abaixo www.matrixeditora.com.br


Veja mais

Carta do mês de julho da Cidade Âncora: A roupa nova do rei
Esquizofrenia
Não é Não!
Inclusão do deficiente
Crianças e a Pandemia
Do privilégio ao exercício da responsabilidade
Espaço Integração 17 anos
Sobre a atuação da jovem Greta
TV Vagalume: Chorou ganha colo
TV Vagalume: A criança faz parte da tribo família
Bolo improvisado por Natureba TV
Queijo Vegano no Natureba TV
Batata Chips de forno que não gruda
TV Vagalume: Ajudando as crianças a lidar com a raiva
TV Vagalume: A quietude na convivência com as crianças
O que fazer quando a criança faz birra?
Biscoitos de Polvilho Colorido no Natureba TV
Leite de Coco caseiro no Natureba TV
Mousse de Chocolate na NaturebaTV
Naturvin - Cooperativa de Vinhos Naturais

 


Você

Espaço do Leitor
Aqui o colunista é você!
Espaço aberto para ensaios, poesias,
crônicas, contos, devaneios...
Mande o seu!  info@granjaviana.com.br

Pesquisar




X









































© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR