TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

Receba nosso informativo semanal


Aceito os termos do site.


| Anuncie | Notificações

Varal com texto

19/04/2007

Ctrl + Alt + Del  Grito por socorro mas provavelmente não serei escutado



 Grito por socorro mas provavelmente não serei escutado. Onde se escondeu esse tal de servidor? Há mais de três horas que tento encontrá-lo! E enquanto isso, nada de Internet. Experimento um livro como passatempo mas são as linhas que passam desapercebidas sobre mim . Ainda procuro o servidor na minha mente. Um filme talvez poderia ajudar a esquecer...


(2 horas depois)


...Ótimo, o filme acabou e aqui estou de novo, em frente à tela. Cara a cara com o desaparecido. Preciso desesperadamente de uma conexão. Algo que me traga de volta à ativa. Busco pistas. Inutilmente. Não tenho onde buscar, o Google também não existe sem o servidor. Já somam 5  sufocantes horas sem contato.


Preciso respirar urgente, me sinto no fundo, no fundo do mar, mesmo. A superfície deve ser uma utopia. Estou onde nem os raios do Sol conseguem alcançar. Não sei mais se meus olhos estão abertos ou fechados. A escuridão de ambos é a mesma.


Houston? Tenho um grande problema e não faço a mínima idéia de como resolvê-lo. Tem algum santo do servidor não encontrado? Um desses que se distribuem folhetinhos na rua? Se não tem, acabei de inventar. Meu santo, santinho, tenha piedade de mim, traga a luz para a placa de rede, traga o servidor de volta. Misericórdia com o hardware. Salve meus e-mails que vagam pelos bytes, salve os sites desamparados sem mim. Proteja-nos da vastidão desértica do obscurantismo!  


Talvez seja só impressão, mas na minha testa deve estar escrito em letras bem grandes e garrafais: unpluged! Para os leigos: desconectado! Mas percebo que, na situação atual, o leigo sou eu.


Mãe, agora eu sei como você se sente. Ver tanta tecnologia e não poder tirar nem uma casquinha. Sei que no seu caso é por não saber mesmo. Mas imagine eu, que estou sendo impedido por uma força maior que rege a órbita misteriosa dos servidores.


Sou um escravo do atraso dentro de minha própria fortaleza que vejo desmoronar na minha frente. E o pior, nada posso fazer. Não me restam alternativas a não ser o Ctrl+Alt+Del. ‘Reseto’ um dia para ser esquecido. O dia em que me vi só, o dia em que a aldeia global não passou de uma miragem.   


  E pensar que eu só queria poder dizer para o mundo que eu continuo vivo. Mas quem se importa?  


Veja mais

Carta do mês de julho da Cidade Âncora: A roupa nova do rei
Esquizofrenia
Não é Não!
Inclusão do deficiente
Crianças e a Pandemia
Do privilégio ao exercício da responsabilidade
Espaço Integração 17 anos
Sobre a atuação da jovem Greta
TV Vagalume: Chorou ganha colo
TV Vagalume: A criança faz parte da tribo família
Bolo improvisado por Natureba TV
Queijo Vegano no Natureba TV
Batata Chips de forno que não gruda
TV Vagalume: Ajudando as crianças a lidar com a raiva
TV Vagalume: A quietude na convivência com as crianças
O que fazer quando a criança faz birra?
Biscoitos de Polvilho Colorido no Natureba TV
Leite de Coco caseiro no Natureba TV
Mousse de Chocolate na NaturebaTV
Naturvin - Cooperativa de Vinhos Naturais

 




Pesquisar




X









































© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR