TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 | Quem Somos | Anuncie Já | Fale Conosco              
sitedagranja
| Newsletter

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

Receba nosso informativo semanal


Aceito os termos do site.


| Anuncie | Notificações
Voltar

Uso de máscara em ambientes fechados volta a ser recomendado em Cotia

02/06/2022


A partir desta quinta-feira (2/06) a Prefeitura de Cotia volta a recomendar o uso de máscara para todas as pessoas em ambientes fechados, sejam públicos ou privados. A medida foi tomada em consonância com as novas orientações do Comitê de Saúde do Estado de São Paulo e deliberada após reunião da Secretaria de Saúde Municipal que, juntamente com a equipe da Vigilância Epidemiológica, avaliou o cenário da Covid-19 no município que, nas últimas semanas, apontou aumento no número de casos confirmados da doença.

Importante a população estar atenta ao uso correto da máscara, é preciso que ela cubra corretamente a boca e o nariz. O uso do item de proteção segue obrigatório em transporte coletivo e em suas áreas de embarque e desembarque e em equipamentos de saúde, como clínicas, hospitais, prontos-socorros, laboratórios.

"Os números mostram que a vacina aumenta a proteção e os casos graves não seguem a mesma proporção de confirmações. No entanto, a recomendação é para o uso de máscara em ambientes fechados, porque, assim como outros vírus gripais, o coronavírus é mais disseminado em ambientes fechados, o que acaba sendo mais frequente neste período de frio", disse o prefeito Rogério Franco.

De acordo com os boletins da vigilância epidemiológica da Secretaria de Saúde de Cotia, a cidade contabiliza 23.440 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia, mas esses números podem ser ainda maiores devido a subnotificação e mais recentemente devido aos auto testes que permitem que as pessoas façam os testes particulares e não são obrigadas a registrá-los.  Os boletins agora são divulgados quinzenalmente  pela Secretaria de Saúde.  De acordo com o último levantamento, em 27 de maio, 757 pessoas morreram na cidade devido complicações da doença. Em 15 dias,  o aumento de casos positivos foi de 1,03% e o de mortes 0,66%. 

Quarta onda

Em pouco mais de um mês, o país registrou uma alta de 78,3% nos registros de novos casos. Em 26 de abril, os dados mostravam uma média móvel de 14.600 novos diagnósticos nos últimos sete dias. Já em 31 de maio, o número saltou para 26.032.

Especialistas já apontam que o Brasil vive a sua quarta onda da pandemia. "Estamos observando esse processo desde metade de abril, mas com um ritmo maior agora. É o início de uma quarta onda, mas felizmente ainda não se compara ao que o Brasil já passou", disse  Fernando Spilki, virologista e coordenador da Rede Corona-Ômica do MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações), que monitora e sequencia o genoma do vírus circulante no país,à BBC Brasil.

O aumento no número de casos, segundo Spilki, se deve ao relaxamento das medidas de proteção e distanciamento e também à redução da imunidade após a vacinação. Mas ao mesmo tempo com o número de vacinados aumentando, os graves são reduzidos ou se concentram em maior quantidade entre os não vacinados ou com ciclo vacinal incompleto. 

Em Cotia, a  vacina contra a Covid-19 segue disponível nas 26 UBSs do município, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h e, no sábado (4/06), das 9h às 16h, a Secretaria de Saúde efetuará vacinação nas UBSs Atalaia, Assa, Portão e Caucaia.

(Com informações da BBC Brasil)


Notícias Relacionadas:


 
TENHA NOSSAS NOTÍCIAS DIRETO NO WHATSAPP, CLIQUE AQUI.

Pesquisar




X









































© SITE DA GRANJA. TELEFONE E WHATSAPP 9 8266 8541 INFO@GRANJAVIANA.COM.BR